27 de outubro de 2011

A RECULPERAÇÃO..DIAS DIFÍCEIS.

GUAMDO CHEGUEI NA CASA DA MINHA MÃE ,ELA JÁ ME ESPERAVA NO PORTÃO...COM UM AR DE PREOCULPAÇÃO E DE DÓ.BEM COISA DE MÃE MESMO SABE.DAQUELAS MÃE CORUJA.
GUANDO VI ELA ME SENTI PROTEGIDA.DEI GRAÇAS A DEUS POR MINHA MÃE ESTAR VIVA PARA CUIDAR DE MIM.
MEU MARIDO ME TIROU DO CARRO COM TODO CUIDADO DO MUNDO PARA NÃO ME MACHUCAR,PORQUE POR MENOR QUE FOSSE OS MOVIMENTOS A MINHA DOR ERA MUITA.ELE ME LEVOU DIRETO PARA O QUARTO ONDE EU IA FICAR,E ME DEITOU.
EU NÃO CONSEGUIA ME MECHER.ERA HORRIVÉL,FOI TUDO MUITO DIFICIL.
MINHA MÃE ME AJUDAVA PRA TUDO.EU DEPENDIA DELA PARA COMER ,TOMAR BANHO, PARA IR FAZER MINHAS NESCESIDADES.EU NÃO CONSEGUIA FAZER NADA SOZINHA.EU FIQUEI ALI NA MINHA MÃE E MEUS FILHOS FICARAM EM CASA COM  MINHA SOGRA E O SERGIO.DE DIA O SERGIO TRABALHAVA E DE NOITE PASSAVA LÁ PARA ME VER E IA FICAR COM AS CRIANÇAS,FOI ASSIM POR UMA SEMANA.DEPOIS MINHA MÃE PEDIU PARA QUE ELE DORMISSE LÁ ,PARA PODER ME LEVAR AO BANHEIRO DURANTE A NOITE.E ASSIM FOI POR MUITOS DIAS,SURANTE ALGUN TEMPO EU PASSAVA  O TEMPO TODO DORMINDO,POIS OS REMEDIOS ERAM MUITO FORTES,ELES ME DAVAM NÁUSEAS E DAVAM MUITO SONO.
FORAM DIAS HORRIVÉIS.SOFRIDOS DEMAIS.
EU MAL ME MEXIA NA CAMA E DO GEITO QUE ME DEITAVA EU FICAVA,PARECIA UMA ESTÁTUA.A DOR ERA MUITO GRANDE.
MAS A PIOR PARTE FOI MINHAS FILHAS,ELAS TINHAM  TANTO MEDO DE ME MACHUCAR,QUE NEM PERTO DE MIM CHEGAVAM.
EU SOFRI DEMAIS COM ISSO,MAS ENTENDI O MEDO DELAS E RESPEITEI .
EU SÓ SAIA DA CAMA PARA TOMAR BANHO FAZER MINHAS NESCESIDADES .
DEPOIS COMEÇEI A FAZER O ACOMPANHAMENTO NO MEDICO.
QUE PARA MIM FOI MUITO TRAUMATICO.A CADA VEZ QUE EU IA ELE FALAVA UMA COISA DIFERENTE E ISSO ME DEIXAVA CADA VEZ MAIS TRISTE.
FIQUEI AOS CUIDADOS DA MINHA MÂE POR GUASE DOIS MESES,ATÉ QUE DECIDI VOLTAR PARA MINHA CASA,POIS ESTAVA SENTINDO FALTA DO MEUS FILHOS E MEU MARIDO.E ASSIM RETORNEI AO MEU LAR.
JA EM CASA AS COISAS FORAM UM POUCO DIFICEIS EU FICAVA SOZINHA NA PARTE DA MANHA,EU IA AO BANHEIRO COM A AJUDA DO MEU MARIDO E DEPOIS SÓ NA HORA DO ALMOÇO,GUANDO ELE VINHA ME TRAZER COMIDA,COMO ESTAVA IMPOSSIBILITADA DE ANDAR POR CAUSA DAS DORES FORTES.DURANTE ALGUN TEMPO ELE TRAZIA O ALMOÇO E DE NOITE MINHA SOGRA FAZIA A JANTA.
PARA LIMPAR A CASA MINHA AMIGA LÚ VINHA .
EU SÓ SAIA DE CASA PRA IR AO MEDICO,QUE A CADA IDA MINHA NELE ME DEIXAVA MAIS DESANIMADA E DEPRESSIVA.
AOS POUCOS FUI ARRUMANDO UM GEITINHO DE ME LEVANTAR SOZINHA E ASSIM AOS POUCOS SEM MOVIMENTOS BRUSCOS CONSEGUIA PELO MENOS FAZER MINHAS NESCESIDADES SÓZINHA.
COM O TEMPO E AOS POUCOS EU FUI ME ADAPTANDO,E ASSIM FUI VOLTANDO A MINHA ROTINA.
FUI AFASTADA DO SERVIÇO POR UM ANO.E DURANTE ESSE TEMPO TENTEI POR VARIAS VEZES VOLTAR A MINHA ROTINA DE TRABALHO,MAS NÃO CONSEGUI.
O TEMPO PASSOU E EU  TIVE ALTA ,MAS AS DORES CONTINUARAM.NÃO PUDE VOLTAR AO TRABALHO PORQUE MEU PATRÃO VENDEU A CÃNTINA E ASSIM FIQUEI DESEMPREGADA E COM DORES.
COM TUDO ISSO FIQUEI MUITO DESANIMADA E ISSO ME ACARRETOU SERIOS DANOS.
DESEMPREGADA E COM  DEPRESSÃO A   MINHA VONTADE DE SAIR DE CASA DIMINUIU.
E CONFEÇO QUE NÃO SINTO A MENOR VONTADE DE SAIR,E POUCAS SÃO AS VEZES QUE ABRO A JANELA DA MINHA CASA.E RARAS SE TORNARAM A MINHA SAIDA DE CASA.
TENHO MEDO DE PEGAR ÔNIBUS.FICO APAVORADA DE PENSAR NISSO.
NÃO TEM UM DIA SE QUER QUE EU VÁ DORMIR SEM PENSAR NO ACIDÊMTE.
AINDA CHORO MUITO E NÃO ME CONFORMO COM OQUE ACONTECEU.PASSO NOITES SEM DORMIR.
NÃO CONSIGO ACEITAR.
SEI QUE PRECISO REAGIR,MAS NÃO CONSIGO PARECE QUE SEMPRE QUE TENTO ACONTECE ALGUMA COISA.EU SEMPRE ACABO VOLTANDO PARA ESTACA ZERO.
MINHA VIDA MUDOU DA ÀGUA PRO VINHO,NUNCA MAIS FUI A MESMA.NÃO CONSIGO FAZER SERVIÇO PESADO E MAL CONSIGO LIMPAR A MINHA CASA.
AS PESSOAS FALAM QUE PRECISO REAGIR,MAS EU NÃO CONSIGO.É UMA FORÇA MAIOR QUE EU.NÃO SEI OQUE FAZER..

3 comentários:

Jô Santos disse...

Cada vez que venho aqui me emociono e muito....

Vai lá no blog que tem sorteio rolando
http://maosdemocas.blogspot.com/2011/11/parceria-sorteio.html
Bjs

Jô Santos disse...

Oi Regi qto tempo?
Adorei a sua visita no blog
Otimo final de semana
http://maosdemocas.blogspot.com/
Bjs

Mery - Coqueluxos disse...

Oi, nessas horas só a fé mesmo querida, tenha fé que Deusa nunca nos abandona... bjokas e melhoras